Extended Education

Management 3.0 (Em Português)

(55 11) 2507-3563

Organization

AdaptWorks

Trainer

  • Course

    Date: 26-27 January, 2012
    Location: São Paulo, SP - Brazil, Brazil

    Regular Price: R$ 1.700,00 em até 3x sem Juros

    Gestão ágil geralmente é uma parte negligenciada em Agile. Existem muitas informações disponíveis para desenvolvedores, testadores e gerentes de projetos Ágeis, mas muito pouco para gerentes de desenvolvimento e líderes de times. Entretanto, quando as organizações adotam o desenvolvimento Ágil de software, não somente desenvolvedores, testadores e gerentes de projetos precisam aprender novas práticas. Gerentes de desenvolvimento e líderes de times também devem aprender uma nova abordagem para liderar e gerenciar organizações Ágeis. Diversos estudos indicam que gerentes do tipo "estilo antigo" são o maior obstáculo na transição para o desenvolvimento Ágil de software. Gerentes de desenvolvimento e líderes de times precisam aprender qual será seus novos papéis em organizações de desenvolvimento Ágil de software. Este curso foi criado para ajuda-los.

  • Details

    Date: 26-27 January, 2012
    Location: São Paulo, SP - Brazil, Brazil

    Venue:
    Alameda Lorena, 638 - 4º andar
    São Paulo, SP - Brazil 01424-002 Brazil
    Get Directions

    Regular Price: R$ 1.700,00 em até 3x sem Juros

    Notes

    Cada aluno receberá um kit de treinamento contendo: Student Book, caderno e caneta. Chaveiro porta pen drive e pen drive de 4G de brinde.

  • Agenda

     

    Conteúdo programático

    1. Desenvolvimento ágil de software é o novo padrão para times de software. Você aprenderá sobre diferentes métodos Ágeis, boas práticas mais populares, as sete dimensões de um projeto de software, desafios na adoção de Agile mundo afora e a contribuição do gerente e líder de time em organizações Ágeis;
    2. Ciência da complexidade e pensamento sistêmico são pontos fundamentais do pensamento Ágil. Você aprenderá diagramas de laço causal, o que é a teoria da complexidade, como pensar em termos de sistemas, sobre Cisnes Negros e Curingas, sobre a diferença entre complexo e complicado e sobre as sete falácias que frequentemente reconhecemos no pensamento linear tradicional;
    3. Energizar pessoas: Pessoas são a parte mais importante de uma organização e os gerentes devem fazer o que puderem para manter as pessoas ativas, criativas e motivadas. Você aprenderá sobre a diferença entre motivação extrínseca vs. intrínseca, os dez desejos intrínsecos e as técnicas mais comuns para entender o que é importante para as pessoas em seus times, tais como reuniões individuais, avaliações pessoais, as 12 questões mais importantes e reuniões de 360 graus;
    4. Empoderar times: Times são capazes de auto-organizar, e isto requer empowerment, autorização e confiança da gerência. Você aprenderá a fazer com que a auto-organização funcione, como distribuir autorizações em uma organização, os desafios do empowerment, como cultivar relacionamentos de confiança e diversas técnicas para controle distribuído, tais como os sete níveis de delegação e comissão de autoridades;
    5. Alinhar restrições: Auto-organização pode levar a qualquer coisa, e por isso é necessário proteger as pessoas e os recursos compartilhados, e dar às pessoas um propósito claro e metas definidas. Você aprenderá quando gerenciar e quando liderar, como usar diferentes critérios para criar metas úteis, sobre os desafios do gerenciamento por objetivos e como proteger pessoas e recursos compartilhados de quaisquer efeitos negativos da auto-organização;
    6. Desenvolver competências: Times não são capazes de atingir suas metas se os membros dos times não forem capazes o suficiente, e por isso os gerentes devem contribuir para o desenvolvimento das competências. Você aprenderá sobre níveis de capacidade e de disciplina, como e quando aplicar as sete abordagens do desenvolvimento de competências, como medir o progresso em um sistema complexo, o efeito da sub-otimização e diversas dicas para métricas úteis;
    7. Crescer a estrutura: Diversos times operam dentro do contexto de uma organização complexa, e por isso é importante considerar estruturas que incentivem a comunicação. Você aprenderá como cultivar uma estrutura organizacional como um fractal, como equilibrar especialização e generalização, como escolher entre times funcionais e multifuncionais, sobre liderança informal e ampliação de cargos e como tratar times como unidades de valor em uma rede de valores;
    8. Melhorar tudo: Pessoas, times e organizações precisam melhorar continuamente para adiar falhas o máximo possível. Na prática isto significa que gerentes de líderes devem atuar como agentes de mudança, tentando mudar o complexo sistema social ao redor deles. Você aprenderá sobre as quatro facetas do gerenciamento de mudanças, que foca o sistema, os indivíduos, as interações e os limites do sistema.

    Oito Razões para NÃO Fazer Um Curso de Gerenciamento Ágil
    Então, você desenvolve software "da forma Ágil"... você já tem times auto-organizados praticando Scrum; você mandou algumas pessoas para o curso de Scrum Master; e os gerentes em sua organização lhe dizem para "ser líder ao invés de gerentes". Eis oito razões por que isso pode ser suficiente...

    1. Você já conhece diferentes abordagens e usos de Agile, Lean, Scrum, XP e Kanban, e como apresentar e combina-los em sua organização.
    2. Você já sabe como aplicar o pensamento sistêmico a seus negócios e como tratar times como sistemas adaptativos complexos ao invés de linha de produção ou máquinas.
    3. Seu pessoal já está totalmente energizado e motivado. Eles acham que nada mais é divertido, desafiador e compensador do que terminar o projeto atual antes do prazo.
    4. Você já sabe delegar coisas aos seus times. Mais ou menos como "não me importo como você fará, só se preocupe em terminar até o final do mês. Nos vemos lá".
    5. Você tem times auto-organizados, e a auto-organização sempre leva a bons resultados. Restrições gerenciais são tão "século 20". Assim como leis governamentais em uma sociedade livre são só dores de cabeça.
    6. Você não tem quaisquer problemas com pessoas abaixo da média ou indisciplinadas. Todos os funcionários eram totalmente competentesquando vieram voando pela janela montados em suas vassouras.
    7. Você não precisa pensar sobre a estrutura de sua organização, porque times auto-organizados podem decidir por si como desenvolver seus próprios departamentos e unidades de negócios.
    8. Você não precisa se importar com melhoria de negócios, porque todas as melhorias já estão demonstradas por algumas dúzias de quadros Kanban pela organização.

  • Who Should Attend

     

    Este curso é voltado para líderes/gerentes que querem adotar Agile, e para pessoas que querem se tornar grandes líderes de times ou gerentes funcionais (não é necessário qualquer experiência com métodos Ágeis, embora alguma familiaridade com os princípios e práticas Ágeis seja útil). O curso geralmente atrai líderes de times (15%), gerentes de desenvolvimento (15%), agile coaches (15%), Scrum Masters (15%), gerentes de projetos (10%), Product Owners (10%), desenvolvedores e testadores (10%) e diretores (10%).